Felicidade/Espiritualidade

    Pássaro recuperado

    04/07/2018

    E de repente eu me descubro apaixonada. De repente, me redescubro viva de vida. Porque estar apaixonada é estar coberta de vida. De sonho. De um olhar vivo à existência. De repente, olho para a minha cadelinha e digo: eu te amo. Ela não entende. Mas sente. E isso é mais importante que qualquer compreensão. Porque as palavras podem não dizer o que sentem. Mas o coração diz. O coração sabe ser beleza e sensação. Ele sabe como receber luz e traduzir, das palavras, o calor. Ela me sorri com o rabo abanando. Ela sabe que meus olhos a olham como um ser vivo, cheio do milagre da vida que nos habita, mas que nós esquecemos. Porque estar vivo é respirar milagres. É expressar-se com as palavras divinas que não precisam dizer nada para serem encantadas. Sinto-me tão viva hoje. Não é todo hoje que me faz viva. Mas há hojes como o de hoje em que eu me sinto. E meus olhos enchem de um tipo de lágrima que não há sequer um grão de sal de tristeza. É só gratidão. Como se o ar que me envolvesse fosse a própria mão de Deus e eu fosse um pequeno pássaro recuperado do chão e devolvido ao ninho.

     

    *Crédito da foto: Jerry Kiesewetter.

  • Reflexão/comportamento

    Enjaular

    Põe o pássaro na gaiola e diz amar Amar o enjaulado parece, no coração do homem, ter um lugar privilegiado Põe o cão na coleira e o deixa lá fora, a mofar Assistir ao…

    22/06/2018
  • Poemas

    Labaredas

    Quem me dera um dia falar a língua do fogo na oração das portas que se abrem como os portais das antigas cidades romanas aos estrangeiros escravos o abraço por uma estrutura de pedra…

    09/06/2018
  • Poemas

    Acimentado

    As letras do seu nome presas à profundeza dura do cimento. Afundei-te ali, no chão, enquanto mole para que não morresse quando a terra toda endurecesse, quando os pés acreditassem que um chão todo…

    07/06/2018
  • Poemas

    A versão do amor

    A versão do amor que eu conheço é bem-humorada A versão do amor que você conhece é mal-amorada A versão do amor que te versa versa no verso da minha aversão.   *Crédito da…

    04/06/2018