Poemas

Ferro a vapor

07/11/2016

Já estão passadas

as flores do amor

e todas as dores dos vestidos

que as vestiram com tanto zelo

Já estão passadas

as bainhas da agonia,

as gravatas do sufoco,

os ternos das sombras e brigas

Já estão passadas

e dobradas e guardadas

e desabotoadas sem perfume

as camisas da separação.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply