Amor/Sentimento

Amar é mara!

28/02/2019

Esses dias li um dito de São Francisco de Assis acerca de amar e ser amado: “Deus do meu coração, faz com que não queira tanto ser consolado como consolar, ser compreendido como compreender, ser amado como amar, porque é entregando-se quando se recebe, é esquecendo-se quando se encontra.” Concordo com ele. Acho quanto mais amo,mais este amor retorna para mim.Enquanto minha busca foi receber amor,cobrando-o das pessoas,muitas das vezes,menos eu o tinha.Porque o amor é a pureza de uma liberdade escancarada.Amar é ser uma porta toda feita de janelas para que tudo o que está fora possa entrar.E também para tudo o que está dentro possa respirar o mundo, recebê-lo de peito aberto.Enquanto estamos pedintes,seja de amor,seja de qualquer coisa,estamos sempre dependentes, acorrentados.Ficamos atados ao que não depende de nós.Já quando fazemos o contrário,estamos livres.Nos libertamos da prisão.Pois que amar só depende de nós.Mas amar no sentido sincero, verdadeiro,que implica em libertar o outro de nossas demandas, de nossas cobranças.Doar de coração.Sem esperar em troca.E por incrível que pareça, quando adotamos essa postura, recebemos. De todos os lados.Pois quem é amor atrai amor. Quem é liberdade atrai liberdade. Somos tudo o que atraímos e atraímos tudo o que somos. Reflita sobre isso. E tente responder à pergunta: quanto eu estou dando genuinamente? Seja amor, seja afeto, seja luz, seja o que for de algum aspecto positivo? E quando eu doo é de verdade?Ou estou, no fundo, esperando alguma coisa, um reconhecimento, um elogio, uma troca? Depois me conta (nos comentários ou por Direct). É sempre bom saber. Abração e um ótimo dia!

 

*Quer trabalhar seus sentimentos e emoções? Então, entre em contato comigo via Direct. Sou Terapeuta Transpessoal e trabalho com pessoas que querem aprender a se amar para poderem amar o outro com liberdade. As sessões são online e os horários flexíveis. Venha! Já passou da hora de você ser feliz nessa vida!

 

*Crédito da Foto: Sweet Ice Cream

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply